fechar

Resumo de novelas

MENU



Verdades Secretas: Drica Moraes e Marieta Severo são o melhor da trama

por: Adrien Carlos Duarte em Colunas e críticas das novelas
na data: 15/06/2015 | 11:07

A nova novela da faixa das onze horas entra em sua segunda semana no ar, e as poucas novidades acabam por aí. A novela tem o trunfo de trazer Marieta Severo de volta às novelas depois de 14 anos na pele de Dona Nenê em A Grande Família.

Fazendo jus ao seu grande talento, e à espera de tantos anos, a veterana não decepcionou o público, e entregou uma Fanny intensa, que em nada lembra suas personagens anteriores. Outro destaque fica por conta de Drica Moraes, mostrando novamente a flexibilidade que ela possui como atriz, que pode ir da comédia ao drama em instantes, e ainda assim dar às suas personagens a dramaticidade e o brilho necessário para cada trama.

Depois de ser afastada de Império, e ser substituída por Marjorie Estiano, por conta de problemas de saúde, Drica se mostra um nome forte na nova trama, sendo o principal destaque desde a estreia da novela. Suas cenas ao descobrir a traição do marido e a coragem da personagem em mudar de cidade e de vida, foram contadas muito mais com o olhar do que com as palavras.

Palavras estas, que faltam à trama de Walcyr Carrasco, que marcou o horário das seis da tarde com novelas imbatíveis em audiência, como O Cravo e a Rosa, Chocolate com Pimenta e Alma Gêmea. Verdades Secretas também tem alcançado bons índices, se mantendo constantemente acima dos 20 pontos, porém podemos atribuir esse sucesso, muito mais à direção delicada de Mauro Mendonça Filho, que empresta um tom artístico e requintado ao texto simples, e na maioria das vezes obvio de Carrasco.

Drica Moraes e Marieta Severo emprestam seu talento ao texto fraco da novela (Foto: Reprodução)
Drica Moraes e Marieta Severo emprestam seu talento ao texto fraco da novela (Foto: Reprodução)

Não fosse um clássico como Xica da Silva, presente do autor para o público em 1996, seria possível duvidar da capacidade dele de fazer uma trama com diálogos mais adultos e maduros. A previsibilidade do texto é tanta, que chega a deixar o telespectador mais experimentado constrangido, por ver grandes artistas tendo que decorar algumas falas mal construídas e débeis.

Por outro lado, talvez seja exatamente a combinação deste texto simples, com a direção magistral de Mauro Mendonça, que atraia e mantenha o público cativo, já que ficou provado com os índices de O Rebú e de Lado a Lado, que textos requintados e sucessos de críticas não são sinônimos de boa audiência.


Comentários
TOPO