fechar

Resumo de novelas

MENU



As diversas faces de Glória Pires

por: Redação em Matérias especiais de novelas
na data: 28/04/2015 | 11:19

Glória Pires estreou ainda cedo na televisão. Com apenas 5 anos ela esteve na abertura da novela A Pequena Órfã, na TV Excelsior, e logo foi convidada para integrar o elenco da trama.

Um ano depois aconteceu a sua primeira aparição na Rede Globo, na novela Selva de Pedra, em 1972. Desde então, tem engatado uma personagem marcante atrás da outra em seu mais de 40 anos na emissora.
Selecionamos aqui, alguns dos papéis mais importantes da atriz, que atualmente protagoniza a novela Babilônia.

Em 1978 Glória viveu a mimada Marisa, filha de Júlia, personagem de Sônia Braga em Dancin' Days, de Gilberto Braga. Marisa é uma adolescente ressentida, já que acredita que foi abandonada por sua mãe, que na realidade está na cadeia.

 (Foto: Divulgação/Globo)
(Foto: Divulgação/Globo)

Zulmira de Oliveira, ou simplesmente Zuca, foi a primeira protagonista de Glória, no ano de 1979. Devido ao grande sucesso de Cabocla, atriz atingiu o status de estrela.

 (Foto: Divulgação/Globo)
(Foto: Divulgação/Globo)

Em Vale Tudo, também de Gilberto Braga, Glória Pires se destacou interpretando Maria de Fátima, criatura inescrupulosa e ambiciosa, que não teve pudor nenhum em vender a casa de sua mãe e deixá-la na rua.

 (Foto: Divulgação/Globo)
(Foto: Divulgação/Globo)

Presentes no imaginário popular, as gêmeas Ruth e Raquel, interpretadas por Glória em 1993 no remake da novela Mulheres de Areia, tinham personalidades completamente opostas e disputavam o amor do mesmo homem: Marcos Assunção, vivido pelo ator Guilherme Fontes.

 (Foto: Divulgação/Globo)
(Foto: Divulgação/Globo)

Habituada a dar pouco tempo entre um trabalho e outro, em 1994 Glória deu vida a Maria Moura, na minissérie Memorial de Maria Moura, uma adaptação do livro homônimo de Rachel de Queiros, feita por Jorge Furtado e Carlos Gerbase.

 (Foto: Divulgação/Globo)
(Foto: Divulgação/Globo)

A vilã Rafaela Berdinazzi chegou às telas em 1996 na novela O Rei do Gado, que atualmente está sendo reprisada no Vale a Pena Ver de Novo. Por este papel Glória Ganhou o Prêmio Contigo, na categoria Melhor Vilã.

 (Foto: Divulgação/Globo)
(Foto: Divulgação/Globo)

No papel de mais uma vilã, Glória se destacou vivendo Nice, na novela Anjo Mau, remake da novela de mesmo nome, produzido em 1997. Na trama, a personagem não media consequências para conquistar um lugar no coração de seu patrão milionário.

 (Foto: Divulgação/Globo)
(Foto: Divulgação/Globo)

Em 2005 Glória surgiu na novela Belíssima, de Silvio de Abreu, na pele de Júlia Assumpção, uma empresária bem sucedida da indústria de roupas íntimas, que vivia sendo pressionada e humilhada por sua avó Bia Falcão, vivida por Fernanda Montenegro, que não aceitava o fato de Júlia ser tão diferente de sua mãe, já falecida.

 (Foto: Divulgação/Globo)
(Foto: Divulgação/Globo)

Já na novela de Gilberto Braga, Insensato Coração, de 2011, Gloria interpretou a antagonista, encarnando uma enfermeira que passa 5 anos presa injustamente por culpa de seu noivo e que decide partir em busca de vingança quando finalmente está em liberdade.

 (Foto: Divulgação/Globo)
(Foto: Divulgação/Globo)

Atualmente Gloria Pires está novamente no ar com uma personagem forte. Ela interpreta Beatriz, uma mulher elegante e sedutora, que comanda a construtora do marido. Devoradora de homens, Beatriz se acha acima do bem e do mal.

 (Foto: Divulgação/Globo)
(Foto: Divulgação/Globo)

 


Comentários
TOPO