fechar

Resumo de novelas

MENU



Babilônia: Beatriz faz mais duas vítimas

por: Redação em Notícias sobre novelas
na data: 12/05/2015 | 14:54

Queima de arquivo será a motivação de Beatriz para seus próximos crimes. A vilã descobrirá que existe uma testemunha que pode ligar ela à morte do pai de Regina e não hesitará em dar cabo da vida do sujeito. De acordo com a colunista Patricia Kogut, a confusão terá inicio quando Diogo contar à megera que a ultima pessoa pra quem o pai ligou pode saber alguma coisa sobre a sua morte.

Ao descobrir que Regina já está de posse dessa informação, Beatriz correrá contra o tempo para encontrar Sebastião, e descobrirá por fim, que ele já não mora em seu endereço antigo. Depois de indagar para a nova inquilina sobre o local onde fica a nova casa de Sebastião ela ouvirá: "No Cardosão. É uma ladeira lá em Laranjeiras, na Zona Sul. E está na pior, coitado, de cadeira de rodas, bebendo muito, pelo que me disseram... - dirá a moradora.

Com um lenço na cabeça e usando óculos escuros Beatriz parte até o bairro onde mora o cadeirante. Ao encontrá-lo oferecerá ajuda para que ele consiga entrar em casa. Os dois entram e ela fecha a porta: "Epa! Fechou a porta por quê? Já falei obrigado, não é pra entrar, quê que você quer aqui?" dirá Sebastião. 

"O senhor precisa de companhia. Tava bebendo sozinho no boteco" responderá Beatriz tirando uma garrafa de uísque da bolsa e entregando a ele. Quando ele questiona o motivo de ela estar ali ela vai direto ao assunto:

"Seu Sebastião, eu nunca fui caso do Cristóvão, ele tava contando vantagem que pegou a mulher do patrão, esquece essa besteira."

"Eu nunca achei que alguém tava ligando pra essa história. Quando o Cristóvão morreu eu ainda tinha meu trabalho, minha mulher, não vivia nessa lama que eu vivo hoje. A Regina veio aqui pra saber quem matou o pai dela" dirá Sebastião.

"E o senhor sabe quem foi?" - perguntará a vilã.

"Na época, achei que era assalto. Mas do jeito que a Regina veio aqui, querendo saber quem que tinha marcado com o Cristóvão naquela noite... de repente ela pensa que a pessoa, a mulher que o Cristóvão ia encontrar lá, viu alguma coisa, sabe quem matou ele. Você sabe? Foi você? Foi você que matou o Cristóvão" - se assustará Sebastião.

Beatriz então calará o homem com uma coronhada na cabeça e ele só acordará quando estiver à beira de uma escadaria, ao lado da ladeira onde mora: "Não faz isso comigo, eu não conto nada pra ninguém, juro, não te conheço, não sei teu nome".

Com frieza, a vilã tapará a boca do cadeirante e o empurrará do alto da escadaria. No final da cena, será mostrado apenas o homem morto em meio às ferragens da cadeira.

A outra vítima será Pedro, parceiro de Beatriz em seus golpes. Ele voltará à Suíça para resgatar o restante da fortuna que ela desviou da empresa do marido. Por lá, entretanto ele descobrirá todos os crimes que a megera já cometeu. Ao ficar sabendo disso, Beatriz não verá outra solução além de matar o galã e apagar o grande arquivo que ele se tornou.

 


Comentários
TOPO