fechar

Resumo de novelas

MENU



Começa o depoimento de Paulina

por: Redação em Resumos de novelas
na data: 16/06/2015 | 08:34

Carlos Daniel tenta impedir, mas ela não resiste. Carlos Daniel acompanha Paulina até a delegacia. O delegado Merino entrega a ela a carta de sua mãe, onde dona Paula conta que Paola é sua irmã gêmea, que as duas foram separadas ao nascer e que Paola foi adotada. Começa o depoimento de Paulina e o delegado Merino diz que Paola foi vítima das suas maldades. Carlos Daniel, indignado, sai para procurar seu advogado. O depoimento prossegue e Paulina conta como tudo aconteceu, mas o delegado é frio na sua decisão: ele diz a Paulina que se Paola pudesse falar e confirmar o que ela acaba de dizer, tudo se resolveria, mas é provável que Paola morra sem que tenha voltado a falar e Paulina poderá ser condenada pelo menos a dez anos de prisão. Acusada de seqüestro e falsidade ideológica, Paulina está presa e incomunicável, e nenhuma fiança poderá ser paga para colocá-la em liberdade. Enquanto Carlos Daniel contrata o Dr. Montezinos para defender Paulina, Leda e Willy comemoram sua prisão.

Rodrigo e Carlos Daniel, revoltados com Willy por ter denunciado Paulina, decidem proibir sua entrada na fábrica e também se negam a lhe dar um centavo sequer do dinheiro a que Estephanie tem direito. O advogado quer que Paulina acuse Paola, mas ela se recusa a colocar sua irmã numa situação difícil, pois ela não está em condições de se defender. Por isso, depois que as duas se encontram, Paulina, diante da representante do ministério público, diz que obrigou Paola a deixá-la ocupar o seu lugar e se declara culpada de tudo. Ao saber da atitude de seus irmãos, Estephanie pede ao marido que vá ao banco e, com a procuração que tem, retire todo o dinheiro de sua conta. O Dr. Montezinos se revolta com a confissão absurda de Paulina e ameaça abandonar o caso e não defendê-la nos tribunais. Ré confessa, Paulina é transferida para o presídio feminino.


Comentários
TOPO